domingo, 5 de junho de 2011

Querer, não ter, fingir, fugir


As pessoas desistem tão facilmente do amor, elas se abatem com qualquer decepção, desistem no primeiro não e se alimentam de uma auto-pena que as fazem se sentir vitimas de tudo e todos. “Ohhh porque nada da certo comigo?”, “Ahh como o amor é cruel!”, “Eu cansei de sentir, cansei!". Besteira...

Elas ficam nessa de querer, não ter, fingir, fugir e já não lutam mais pelo o que acreditam, elas nem sabem ao certo no que acreditam, elas não insistem, não protestam, não se arriscam. E ainda acham que foram vitimas de um Bullying do amor. (Aquele onde o amor as perseguem sistematicamente para entre outras coisas fazer com que elas se sintam ridicularizadas por não serem devidamente correspondidas). E sem se dar conta, elas ficam nessa de se envergonhar por sentir.  Como se se sentir fosse um crime ou qualquer outra coisa passível de punição. E por assim pensar, elas se punem. Elas simplesmente vão aceitando a perda do romantismo, abrindo mão dos pequenos gestos que com o tempo se tornam grandes aja vista o vazio que fica, o vazio que cresce e vai tomando cada espaço, cada pensamento desesperançoso. E é triste ver que as pessoas querem o amor mas não fazem nada que as tornem dignas de merece-lo. É triste porque de certa forma todo mundo merece amar e ser amado, porém são poucos aqueles que não desistem do amor. A maioria simplesmente pega o caminho mais fácil da razão; eles sabem exatamente aonde vão chegar, sabem muito bem como proceder, mas vivem em uma espera silenciosa por um desvio, uma mudança na rota, ou qualquer outro acaso que os levem de encontro para eles mesmos.

É uma pena, realmente é uma grande pena que as pessoas desistam assim tão facilmente do amor e apliquem como parâmetro de comparação para as futuras relações todas as suas frustrações. Elas se esquecem, elas infelizmente se esquecem que cada pessoa é um universo a ser explorado e mal sabem que por mais que elas desistam do amor, ele jamais desistirá delas. Porque o amor é incansável. Vai-se o tempo, vão-se as pessoas, o amor fica.

Ainda que incompreendido, o amor fica em alguma parte de nós, ele fica para dar sentido a essas coisas que fogem da razão. Ele fica, eu sei que fica. Ele ficou”.

Luan Emilio Faustino 05/06/2011 – 15:30h

29 comentários:

  1. Gostei do texto, um tanto quanto pessimista mas gostei =p

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto,não achei nada pessimista e sim verdadeiro, muitas pessoas desistem facilmente por causa das dificuldades enfrentadas e não pode ser assim ,tem que resistir e sempre explorar novos universos,concordo bastante com o seu texto.Parabéns mais um lindo texto *o*

    ResponderExcluir
  3. Eu já desisti, mais depois desse texto, to correndo atrás do prejuízo.
    Parabéns , Luan

    Tu é um mestre...

    ResponderExcluir
  4. Texto Perfeito... Quem nunca desistiu de amar né??? Vou rever meus conceitos... *---*

    ResponderExcluir
  5. Meu grande amigo, mais um vez adorei o seu texto. Ele me fez recordar uma frase que ouvi há um tempo atrás: "A medida do amor é amar sem medidas" (Santo Agostinho)...é justamente isso...muitas vezes nos deparamos com dificuldades e sofrimentos com relação ao amor, causados por outros ou por nós mesmo, e nos fechamos, colocamos barreiras como um "forte de guerra" que está disposto a se defender e atacar quando alguém se aproximar!!! Não aprendemos mais a lidar com a dicotomia AMOR X RAZÃO...nos entregamos mais à um ou ao outro e não encontramos o "justo meio" (Aristóteles) que gera benignidade as coisas!!! Isso aí...parabens, irmãozinho!!! Vamos nos amando e nos abrindo ao amor...tudo passa...mas o Amor permance!!!

    ResponderExcluir
  6. Que texto lindo, Luan!
    Sempre sabendo descrever os sentimentos de muitos.
    Parabéns! *-*

    ResponderExcluir
  7. o texto é lindo... mas eu to querendo o que não posso, o que não é meu... e quando o meu coração tá em jogo, eu posso tirar o time de campo pra não me machucar mais...
    =/

    ResponderExcluir
  8. O problemas das pessoas é gostar de se sentir mal.
    A Grande maioria possuí uma parte de dentro que rejeita a felicidade, e se acostumam com isso.
    Bom texto.
    Abs

    ResponderExcluir
  9. É.. Eu faço isso as vezes *sempre*
    Lindo texto Emilio, vc me entendo rs

    @toom_lima

    ResponderExcluir
  10. Fiquei sumida daqui mas agora sei o porque. Estava me preparando emocionalmente para ler este texto.
    Tive a sensação de ter levado um tapa na cara após a leitura. A cada palavra foi me consumindo um sentimento de culpa muito grande.
    Faço TUDO isso que vc escreveu, sem tirar nem por. Crio mentalmente um texto de auto-piedade, culpando o mundo pelo bullying que o amor faz comigo...
    Agora passarei grande parte da minha noite trabalhando mentalmente os sentimentos que este texto me causou...
    Texto lindo, maravilhoso!!! Parabéns!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. adoro seus textos Luan
    conheço pessoas que agem dessa forma ;s
    assim como eu também estou me cansando :/
    de qualquer forma, ótimo texto
    parabéns ^^

    ResponderExcluir
  12. nossa seus textos sao maravilhosos continue assim lol


    seguidor nato desde ja :)

    ResponderExcluir
  13. ' nossa nossa muito bom,
    ameeeeei ;p
    Concerteza seus teextos são os Melhores <3

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Nussa Luan que texto Liindoalgumas partes dele digamos que são referencias para miimLindo mesmo

    ResponderExcluir
  16. Esse cara me inspira com esses poemas... Esse aki em particular me tocou mais.
    Bem, quero ser igual ele quando eu crescer XD

    ResponderExcluir
  17. As pessoas tem tanto medo de ficar sozinhas, que começam a atirar pra todos os lados, e acabam se estrepando, o amor nao é pra gente correr atrás e sim para nos surpreendermos
    otimo texto Luan, parabens pelo talento.

    ResponderExcluir
  18. Escreve Muito Bem Luan! realmente admirável a forma na qual você expressa! Considere-se um Poeta!

    ResponderExcluir
  19. Nossa...nao sei bem o que dizer sobre isso, estou num momento meio triste, sei que amor tem que viver dentro de nós e nós temos que aceitar esse sentimento. Temos que nos amar incondicionalmente, loucamente, e viver cada instante da nossa vida como se foçe nosso ultimo suspiro.

    Lindo texto adorei...só nao consegui comentar como eu queria...
    parabens.

    ResponderExcluir
  20. E lá vem o luan impressionando todo mmundo com os seus textos explendidos. Eu sempre vo ler esse cara e ainda espero chegar numa livraria e levar um livro teu pra casa. É bom ler seus pensamentos antes de dormir!

    ResponderExcluir
  21. PARABENS MAIS UMA VEZ LUUUUUUUUU

    texto muito bom. Mas amor não é pra mim. FODA mas é a vida

    QUEM SABE UM DIA SEREI FELIZ COM ALGUEM, MAS POR ENQUANTO VIVO NA TRISTEZA!!!!!

    ResponderExcluir
  22. Luan,parabéns, excelente texto, descreveu exatamente o que acontece com a maioria... me identifiquei logo no começo, (risus) Hoje eu te digo como brasileira, não desisto jamais.
    "Quando for amar,ame o mais profundo que puder"...
    Bjo&xero.

    ResponderExcluir
  23. Luan, adorei seu texto, acabo de descobrir o seu blog e já estou te seguindo !
    Descobri pelo face através do Yago. Parabéns e sucesso ! Continuarei lendo !
    beijos.

    ResponderExcluir
  24. Lindo...todos um dia desistimos,mas por mais q tentemos,o amor fica ali escondidinho,esperando a hora e o momento certo de aparecer,e fazer com que todo o nosso mundo gire...parabens meu amor,continue assim...

    ResponderExcluir
  25. O amor ficou, e eu amei teu texto *.*

    ResponderExcluir
  26. Eu já te disse, Luan, se eu pudesse escolher uma legenda para toda a vida, seria, sem dúvidas, "Vai-se o tempo, vão-se as pessoas, o amor fica."

    Seu texto é de uma sensibilidade à qual é impossível se manter parado, sem se afetar; é uma verdadeira chamada, um aviso; não diria um tapa na cara, porque não combinaria com a delicadeza de suas palavras, mas é como abrir uma janela na hora em que alguém está dormindo: impossível não despertar.
    Fantástico...

    ResponderExcluir
  27. WOW Esse texto está PERFEITO ! HAHA
    Nem sei o que falar, fiquei sem palavras, OMG OMG OMG.
    Você me deixou de boca aberta aqui. AOIUHOIUAHOIEUHOIUAEHOAI Estou mt surpreso, meu deus, PARABÉNS !

    ResponderExcluir
  28. Não vou ser hipocrita e dizer que nunca pensei assim, nem que nunca fiquei com medo de entrar num relacionamento de novo devido ao que passei anteriormente.

    Chegar a essa maturidade emocional não é fácil, e posso dizer que não a atingi plenamente, mas que estou no caminho. Parei de ter medo do amor, parei de ter medo de vivê-lo e passei a apreciar a experiência de vivenciá-lo nas suas mais diferentes isoformas.

    ResponderExcluir
  29. Sem palavras...

    "[...]elas infelizmente se esquecem que cada pessoa é um universo a ser explorado e mal sabem que por mais que elas desistam do amor, ele jamais desistirá delas. Porque o amor é incansável. Vai-se o tempo, vão-se as pessoas, o amor fica."

    ResponderExcluir