sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Procura-se um coração

A pior parte quando se inicia uma busca é reconhecer que algo esta perdido, parece obvio eu sei, mas levou um tempo para aceitar que algo estava faltando...
 Organização nunca foi meu forte, perdi muitos molhos de chaves, esqueço com facilidade coisas básicas como o nome das pessoas e datas que deveriam ser lembradas, até mesmo o nome daquela oração que pede complemento eu esqueci, justo eu, que sempre fui apaixonado por gramática.
 Ah sim! O Google me lembrou e agora eu posso concluir a minha fatídica comparação: sim, eu me sinto como uma oração subordinada, dessas que carece de um complemento para obter um significado maior. Sozinho, da forma que estou não represento nada além de uma sombra em meio ao sol.
 Existem tantos mecanismos de busca, mapas capazes de localizar qualquer lugar do planeta com exatidão, mas o que me dói é não ter as coordenadas que poderiam me levar aos lugares que visito somente em sonhos.
 Chega um ponto em que me questiono se realmente perdi algo ou se este algo nunca existiu em mim, o não sentir por às vezes pode ser pior que o sentir e não ser correspondido, porque você começa a achar que o problema pode estar em você. E talvez esteja...
  Eu pediria desculpas a todos os corações que parti pelo simples fato de ter partido, mas se eu sigo em frente é porque ainda não encontrei um lugar que eu pudesse chamar de meu.
 Algumas pessoas são tão acomodadas, que mesmo sabendo que não encontraram aquilo que elas procuravam, se contentam em ser aquilo que os outros procuram, eu não consigo ser assim...
 Uma coisa é certa: falta algo em mim, falta alguém que eu possa conversar por horas e horas com apenas um único olhar. Falta tanta coisa aqui dentro, que às vezes tenho medo de estar vazio, oco ou qualquer outra coisa sem conteúdo ou importância.
 Sinto a necessidade de justificar o ar que respiro, de ter alguém por quem respirar, ser o ar de alguém. Ah... Eu preciso de tanta coisa, mas o que eu tenho em troca para oferecer, se nem um coração eu tenho?
  Procura-se um coração partido, sem rumo, sem dono ou abrigo. Caso você o encontre, eu peço: entre contato, não se intimide com a carapaça assustadora, pois além dos medos que me separam dos sonhos que ja não ouso sonhar, existe uma promessa de recompensa para os que ousarem se perder nessa entrega.

Luan Emilio Faustino 03/12/2010 – 22:20h

Dedicado ao meu amigo Wesley Avante

18 comentários:

  1. "Sinto a necessidade de justificar o ar que respiro, de ter alguém por quem respirar, ser o ar de alguém." Como já te disse, me identifiquei muito com esta parte. Sou muito intenso, me permito sentir, me permito sofrer, me permito ser feliz. Tudo exageradamente sentido. *--*

    ResponderExcluir
  2. "Uma coisa é certa: falta algo em mim, falta alguém que eu possa conversar por horas e horas com apenas um único olhar. Falta tanta coisa aqui dentro, que às vezes tenho medo de estar vazio, oco ou qualquer outra coisa sem conteúdo ou importância."

    Esse com certeza foi o trecho que mais se enquadra com meu estado de agora...
    Mas ainda estou aqui, esperando que um dia alguém consiga mudar essa minha indiferença que me obriga a afastar todos que ousam se aproximar.

    ResponderExcluir
  3. Nossa ficou mto LINDOO!!! AMEI vc escreve mto bem =D

    ResponderExcluir
  4. depois de ler e reler esse texto, nao sei o que dizer ... apenas que ficou INCRIVEL.
    sabe quando voce le uma coisa, que faz seu coração acelerar ? Bom, isso acabou de acontecer comigo ...
    isso é culpa do que voce escreve, de como voce escreve, fazendo com que essas sensações : alegria,tristeza,taquicardia rs,emoção ... se manifestem nos seus leitores (pelo menos, em mim >< )

    " Procura-se um coração partido, sem rumo, sem dono ou abrigo. Caso você o encontre, eu peço: entre contato, não se intimide com a carapaça assustadora, pois além dos medos que me separam dos sonhos que ja não ouso sonhar, existe uma promessa de recompensa para ousarem se perder nessa entrega."

    Parabens Lu, e continue assim, escrevendo maravilhosamente bem, e me encantando,cada dia mais :)

    sua fã (L)

    ResponderExcluir
  5. Começo a identificar vc mesmo nos poemas! este ´o luan q eu conheço!

    sobre o texto:
    Quem Procura acha neh! kkkkk
    mas quem nao encontro, é so olhar bem a sua volta e encontraram. pois existe pessoas q o ama, e tbm daria a vida por vc neste momento! :'(

    Parabens mais um vez!
    Texto/Poema/Contos lindo! *-*
    Obrigado Best! ><

    ResponderExcluir
  6. Muuuito bom, nunca tinha lido um texto tão legal assim, tá! talvez tenha lido mas esse esta levando mais importancia no momento, parabens!
    Repito Muuuito Bom!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Realmente quando a casa está reformada e não conseguimos alugá-la parece que não existem outros sorrisos no mundo... Mas é tão bom pensar em todos os sorrisos diferentes.
    Muito bom o texto. Aliás, todos os textos

    ResponderExcluir
  9. Luuú! Incrível como não existe uma postagem sua que eu não goste! super digno seus poemas!

    "Eu pediria desculpas a todos os corações que parti pelo simples fato de ter partido, mas se eu sigo em frente é porque ainda não encontrei um lugar que eu pudesse chamar de meu.
    Algumas pessoas são tão acomodadas, que mesmo sabendo que não encontraram aquilo que elas procuravam, se contentam em ser aquilo que os outros procuram, eu não consigo ser assim..."

    Sim.. eu me identifico com grande parte deles! rs.. MUITO BOM!

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Muito bom este teu blog, parabéns!! ^^

    "Há momentos na vida em que sentimos tanto
    a falta de alguém que o que mais queremos
    é tirar esta pessoa de nossos sonhos
    e abraçá-la." C.L.

    ResponderExcluir
  11. lu suas coordenadas estão perto d vc..vc ja escreveu logo abaixo sobre, mais axo q n ve hsuahsuahsuahsua
    ta vc diz q escreve pensando nos outros mas ainda axo q tem bastant d vc nos textos.

    adorei Lu, bjs.

    ResponderExcluir
  12. Concordo que realmente sempre sentimos falta de alguma coisa, muitas vezes não sabemos explicar, mas eu acredito que a ausência nos faz ficar mais forte, nos deixa preparado para o melhor que esta por vir.

    ResponderExcluir
  13. Lindo texto com palavras sábias e cativantes.Palavras que tocam no fundo da alma como o trecho :"Sinto a necessidade de justificar o ar que respiro, de ter alguém por quem respirar, ser o ar de alguém. Ah... Eu preciso de tanta coisa, mas o que eu tenho em troca para oferecer, se nem um coração eu tenho?"
    qualquer pessoa em sã conciência se identificará com um trecho de mais um belo texto seu ><

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Perfeito <3
    A gnt vive em busca dessa tal metade,aquela q nos falta... o coração q nos complete, q bata no mesmo ritmo q o da gnt, mas na maioria das vezes a gnt se perde em meio essa busca...
    amei mt o poema,as palavras nos embriagam e fazem flutuar...
    Q vc continue sempre assim.. com esse dom de nos encantar com as mais belas palavras...
    Meu ídolo Poeta *--*

    ResponderExcluir
  16. "Eu pediria desculpas a todos os corações que parti pelo simples fato de ter partido, mas se eu sigo em frente é porque ainda não encontrei um lugar que eu pudesse chamar de meu."

    Novamente eu aqui me identificando com mais um de seus textos incríveis. Encantador :D continue assim, meu poeta preferido *-*

    ResponderExcluir
  17. Nussa muito show de bola... adorei meu caro amigo, continue escrevendo, pois a apartir de hoje vc acaba de conquistar mais um leitor, para o seu ambum de colecionador.

    Até mais e parabéns.

    Rick Possi

    ResponderExcluir